Lula viajou para a COP27 no avião de empresário que é um corrupto confesso

Seripieri Filho foi preso numa investigação a pagamentos indevidos à campanha do senador José Serra, em 2014. Nesta campanha foi um dos maiores doadores privados, a maioria para o PT e Lula da Silva.

Foto
Lula da Silva é amigo do empresário há dez anos UESLEI MARCELINO/Reuters

O empresário José Seripieri Filho, que deu boleia no seu avião ao Presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, na viagem para a Cimeira do Clima da ONU no Egipto, assinou um acordo de delação com o Ministério Público em 2020 e confessou o crime eleitoral de caixa dois (passagem de dinheiro não declarado) num caso envolvendo o senador José Serra, do PSDB.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários