Fazer as palavras cruzadas pode abrandar o declínio cognitivo

A maioria dos investigadores concorda que manter o corpo e a mente activos à medida que se envelhece beneficia o cérebro.

Foto
Em medições chave, os jogadores regulares de palavras cruzadas saíram-se melhor do que os jogadores de outros jogos online DR/Alexandra Lowenthal via Unsplash

Há muitos anos que os cientistas tentam descobrir se “exercícios cerebrais”, tais como puzzles e jogos cognitivos online, poderiam fortalecer as nossas mentes e retardar o processo de envelhecimento. Agora, um estudo publicado no New England Journal of Medicine descobriu que a tentativa regular de fazer palavras cruzadas pode ajudar a abrandar o declínio em algumas pessoas com uma ligeira deficiência cognitiva, uma fase inicial de falha de memória que pode por vezes progredir para a demência.

Sugerir correcção
Comentar