Costa anuncia que Governo está a avaliar fim dos “vistos gold”, mas quer apostar nos nómadas digitais

Primeiro-ministro diz que programa “provavelmente já cumpriu a função que tinha a cumprir e que neste momento não se justifica mais manter”. E defende aposta noutros regimes para cidadãos e empresas.

Foto
António Costa sugeriu que os vistos gold serão extintos, no formato actual LUSA/MIGUEL A. LOPES

O Governo está a avaliar a continuidade do regime de “vistos gold” que permite a autorização de residência em Portugal e a livre circulação em todo o espaço Schengen como contrapartida de um investimento empresarial (criação de dez postos de trabalho), em imobiliário (no valor de meio milhão de euros) ou em capital (através da aplicação de 1,5 milhões de euros), e António Costa admite que poderá já não fazer sentido mantê-lo.

Sugerir correcção
Ler 27 comentários