Evocação de António Cândido, pioneiro da Ciência Política em Portugal

Memorizava as suas intervenções parlamentares e quis modernizar o sistema eleitoral.

Foto
António Cândido no seu escritório em Lisboa. Março de 1922 Coleção privada Pedro Barros

Tem lugar este sábado, na Câmara Municipal de Amarante, a sessão de abertura da evocação de António Cândido, por ocasião do centenário da sua morte, com a presença do presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva. Político durante a monarquia constitucional, deputado em três legislaturas pelo Partido Progressista, par do Reino de nomeação vitalícia, ministro e conselheiro de Estado, exímio orador, procurador-geral da Coroa e Fazenda, vice-presidente da Real Academia das Ciências (o presidente era o rei), António Cândido é também considerado pioneiro da Ciência Política em Portugal.

Sugerir correcção
Comentar