Sergio Ramos continua a ser expulso, mas nunca irá apanhar “A Besta”

Gerardo Bedoya viu 45 cartões vermelhos durante a sua carreira como jogador. Chegou a ser suspenso por 15 jogos e só durou 21 minutos na sua estreia como treinador.

Foto
Bedoya com a camisola do Boca Juniors a fazer um carrinho Reuters

No meio do pandemónio geral que é o PSG, o que não é nada inesperado para uma equipa com alguns dos maiores egos do futebol mundial, eis que Sergio Ramos dá um sinal de normalidade. No último fim-de-semana, num Stade de Reims-PSG para a Ligue 1 que acabou sem golos, o experiente central espanhol foi expulso, viu um vermelho depois de ter visto dois cartões amarelos em menos de 30 segundos. Não foi por nada violento, mas por reclamar com o árbitro que Ramos foi expulso pela 28.ª vez na sua carreira (segunda como jogador do PSG). Ninguém se aproxima dele no futebol actual, mas só se fizer muito por isso é que Ramos irá chegar aos números de Gerardo Bedoya, 45 vezes expulso enquanto jogador.

Sugerir correcção
Comentar