Quando deixa a democracia de o ser?

Em tudo o Brasil pareceu ter entrado num processo de transição autoritária que, por vários fatores nunca se completou. Também Trump não conseguiu completar essa transição, mas alguém duvida da natureza do plano que ele e os seus aliados engendraram em janeiro de 2021?

É verdade que Jair Bolsonaro pode vir a perder a presidência na 2.ª volta, mas é evidente que o apoio social de que dispõe é bastante superior àquele que as sondagens previam. Desengane-se quem julgava que quatro anos de uma gestão desastrosa (uma recessão económica mais dura que na maioria dos países, uma das mais altas taxas de desemprego do mundo, um aumento brutal da miséria e da fome) pudessem produzir um fenómeno generalizado de deceção entre os 49 milhões de eleitores que o apoiaram na 1.ª volta de 2018.

Sugerir correcção
Ler 19 comentários