Funchal quer recorrer, Governo de Costa fica em silêncio sobre zona franca

Gabinetes de António Costa e Fernando Medina não revelam se Portugal está, ou não, a ponderar recorrer da decisão do Tribunal Geral da UE para a instância superior.

Foto
Costa e Albuquerque em 2016, numa visita oficial do primeiro-ministro à Madeira Gregório Cunha

A argumentação usada por Portugal no litígio desencadeado contra a Comissão Europeia por causa do processo da Zona Franca da Madeira (ZFM) não resistiu ao primeiro teste nos tribunais europeus.

Sugerir correcção
Ler 7 comentários