Fotogaleria

De Lisboa a Sydney, a solidariedade com as mulheres iranianas

Solidariedade, luto, revolta. Em várias cidades pelo mundo, iranianas e outras mulheres (e homens) lembraram a morte de Mahsa Amini e pediram liberdade no Irão.

Manifestação este sábado em Lisboa, em solidariedade com as mulheres do Irão LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS
Fotogaleria
Manifestação este sábado em Lisboa, em solidariedade com as mulheres do Irão LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS

De Lisboa a Sydney, na Austrália, foram muitas as manifestações e concentrações marcadas para este sábado para mostrar solidariedade com a luta das mulheres iranianas que nas últimas semanas saíram às ruas para protestar, após a morte de Mahsa Amini, uma jovem detida pela "polícia da moralidade", por usar o chamado “mau hijab” – o lenço islâmico que cobre os cabelos usado de forma solta, a deixar ver mais ou menos madeixas. A morte de Amini deu origem aos piores protestos da última década no Irão. 

Forças iranianas tiveram ordem para “confrontar duramente” manifestantes, diz a Amnistia Internacional

Arash Azizi: “Os manifestantes têm sido claros. Estão a pedir o fim do regime iraniano”

Uma activista iraniana manifesta-se durante uma concentração na Praça do Rossio, em solidariedade com as mulheres do Irão, em Lisboa
Uma activista iraniana manifesta-se durante uma concentração na Praça do Rossio, em solidariedade com as mulheres do Irão, em Lisboa LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS
Lisboa
Lisboa LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS
Lisboa
Lisboa LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS
Bucareste, Roménia
Bucareste, Roménia EPA/ROBERT GHEMENT
Bebel Platz em Berlim, Alemanha
Bebel Platz em Berlim, Alemanha EPA/CLEMENS BILAN
Paris, França
Paris, França Reuters/CHRISTIAN HARTMANN
Paris, França
Paris, França Reuters/CHRISTIAN HARTMANN