Arash Azizi: “Os manifestantes têm sido claros. Estão a pedir o fim do regime iraniano”

O escritor e académico iraniano a viver em Nova Iorque diz que as mulheres têm sido as principais vítimas do regime, por isso não é surpresa que estejam na linha da frente dos protestos.

Foto
Arash Azizi, escritor, académico e tradutor iraniano a viver em Nova Iorque DR

O Irão está submerso numa onda de protestos há precisamente uma semana, na sequência da morte de uma jovem curda pela chamada “polícia de moralidade”. Neste momento, as ruas de mais de 50 cidades estão em conflito e já morreram, pelo menos, 16 pessoas, incluindo quatro elementos das forças de segurança. No Noroeste, e também na capital Teerão, grupos de manifestantes atearam fogo a várias esquadras da polícia, tendo morto dois agentes da milícia paramilitar Basij.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários