A ambição de uma “casa do cinema”

Valerá desde já ficar atento às retrospectivas, que reflectem uma curiosa, e inteligente, atenção à contemporaneidade. O agora “Batalha Centro de Cinema” abre a 9 de Dezembro.

Foto
Interior do Batalha esta quarta-feira, na apresentação da programação de Dezembro deste ano a Julho de 2023 Adriano Miranda

Se há coisa de que não se pode acusar o projecto de renascimento do Batalha, é de falta de ambição – a programação já anunciada prolonga-se até ao mês de Julho, coisa mais habitual nas instituições musicais, e a própria nova designação, “Batalha Centro de Cinema”, sugere a vontade de criar uma “casa do cinema”.

Sugerir correcção
Comentar