Ucrânia usa protestos e fugas nas fronteiras para desmoralizar a Rússia

Perante o receio do fecho das fronteiras, milhares de russos em idade de combate continuam a fugir do país através da Geórgia, do Cazaquistão ou da Mongólia. Presidente ucraniano lança aviso: “Se vierem para matar os nossos filhos, não vos deixaremos sair daqui vivos.”

Foto
Mobilização parcial ordenada por Vladimir Putin, na região de Omsk, na Sibéria Reuters/ALEXEY MALGAVKO

Sugerir correcção
Ler 6 comentários