Portugal sobe dois lugares na inovação, mas vê os da frente cada vez mais longe

País continua a ser classificado como um inovador moderado, com fraquezas no investimento das empresas, no comportamento ambiental e na criação de produtos.

Foto
“Portugal é um inovador moderado com um desempenho que é 85,8% do da média da UE” Adriano Miranda

O ranking europeu da inovação é como uma volta à União Europeia (UE) em bicicleta. É uma corrida a muitas velocidades diferentes, num pelotão partido em quatro. Portugal segue no terceiro grupo, o dos inovadores moderados, tal como em 2021, mas melhorou a sua posição relativa, subindo dois lugares, do 19.º para 17.º. Porém, esta melhoria tem um certo sabor agridoce: o grupo da frente está cada vez mais longe do resto. A UE avisa países como Portugal, que estão a evoluir abaixo da média europeia e, portanto, a atrasar-se.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários