No festival Phonetics, a surpresa é o mote. E a surpresa chega agora a Lisboa

Desta quinta-feira até domingo, há um festival itinerante em Lisboa que junta músicos franceses e portugueses, instados a colaborar, sem antes se conhecerem ou aos espaços onde vão actuar. Lula Pena, DJ Lycox, Herlander, Berangère Maximin ou Keumel estão entre os participantes.

RG Rui Gaudêncio - 7 Setembro 2022 - Epsilove, DJ Lycox e Herlander, artistas que vão participar num festival fraco-português. Lisboa. Público
Fotogaleria
A francesa Epsilove com Herlander e Lycox fizeram residência artística no espaço cultural Mono
RG Rui Gaudêncio - 7 Setembro 2022 - Epsilove, artista que vai participar num festival fraco-português. Lisboa. Público
Fotogaleria
Epsilove, ou seja Isabelle Maitre

Os artistas não se podem conhecer uns aos outros. A cidade onde se encontram é também desconhecida para a generalidade dos que participam. E irão actuar em espaços onde nunca estiveram. Em suma, são estes os três elementos que constituem a identidade do festival nómada Phonetics, que tem origem em França e irá agora acontecer em Lisboa entre esta quinta-feira e domingo, inserido na Temporada Cruzada Portugal-França 2022.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários