Tempo, sermos senhores do nosso tempo

Devemos tomar as rédeas do tempo, exercer gratidão e “saborear” os momentos que nos dão prazer. Mas na relação entre o tempo e o dinheiro, preferimos dar prioridade a qual?

Foto
Um relógio bem oleado ajuda à verdadeira felicidade José Alves

“Viver como se não houvesse amanhã”: muitas das discussões que tive com o meu pai passaram por aqui. Eu sou da opinião de que devemos aproveitar todos os dias ao máximo, nunca sabemos quando poderemos já cá não estar. Talvez por isso tenha achado piada à ideia de instalar uma app chamada WeCroak, que envia várias vezes ao dia um lembrete de que vamos morrer — a app inspira-se num ditado popular butanês que defende que para ser feliz uma pessoa deve contemplar a morte cinco vezes por dia. Uma confissão: desinstalei a app passado pouco tempo.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários