O perigoso fracking está de volta na Europa

A Europa tenta resolver, a curto prazo, a sua dependência do gás, agravada pela invasão da Ucrânia e pelas sanções à Rússia. Uma das soluções em cima da mesa é polémica: a fraturação hidráulica do gás de xisto, ou fracking, está de volta. A Alemanha e o Reino Unido estão a ponderar, enquanto que a Hungria já deu luz verde a esta técnica perigosa que ameaça os objectivos climáticos.

Foto
Protestos em Inglaterra contra o fracking (foto de arquivo) Reuters/LUKE MACGREGOR

Susan Holliday testemunhou a ascensão e queda do gás de xisto britânico da janela da sua sala de estar. Após anos de protestos e batalhas legais, o último local de fraccionamento do Reino Unido fica a poucas centenas de metros de sua casa, na aldeia de Little Plumpton, no norte de Inglaterra.

Sugerir correcção
Ler 31 comentários