O filho de Sérgio Figueiredo e a inconsciência do privilégio

Não duvido por um minuto que Sérgio Ribeiro se tenha matado a trabalhar para concretizar o seu sonho. Mas achar que se o filho do padeiro de Portalegre se tivesse matado da mesma forma teria alcançado o que ele alcançou é pura e simplesmente ridículo.

A polémica em torno da contratação de Sérgio Figueiredo por Fernando Medina atingiu na semana passada Sérgio Jacob Ribeiro, CEO e fundador da Planetiers, e filho de Sérgio Figueiredo. O semanário Novo escreveu um artigo sobre o Planetiers World Gathering, um evento criado por Sérgio Ribeiro cuja primeira edição decorreu em Outubro de 2020 em Lisboa, na Altice Arena. Segundo o jornal, a câmara liderada por Fernando Medina atribuiu ao evento um patrocínio de 350 mil euros, e a TVI foi a estação responsável pela sua promoção.

Sugerir correcção
Ler 104 comentários