Crianças sem vaga nas IPSS só vão ter direito a creche gratuita no privado a partir de Janeiro

O alargamento da comparticipação estatal às creches privadas foi oficialmente anunciado pelo primeiro-ministro na semana passada.

Foto
Serão abrangidas todas as crianças nascidas a partir do dia 1 de Setembro de 2021 Anna Costa

As crianças nascidas depois de 1 de Setembro de 2021 que não tiverem vaga nas creches do sector social e solidário vão poder usufruir da gratuitidade anunciada pelo Governo mas só a partir de Janeiro próximo. O Governo já iniciou as negociações com a Associação de Creches e Pequenos Estabelecimentos de Ensino Particular (Acpeep) para alargar a medida da gratuitidade da frequência das creches de forma a incluir as crianças que vão ficar sem lugar nos estabelecimentos das instituições particulares de solidariedade social (IPSS), mas o financiamento do Estado apenas começará “a partir de Janeiro”, adiantou ao PÚBLICO a presidente desta associação, Susana Batista.

Sugerir correcção
Ler 12 comentários