Portugal é o país da UE em que os jovens saem mais tarde de casa dos pais: aos 33,6 anos

Em 2021, ano de pandemia, os portugueses ficaram em casa dos pais, em média, até aos 33,6 anos. Em 2020, tinham saído aos 30, mostram os dados do Eurostat. A média da União Europeia é sair de casa aos 26,5 anos, um ano mais cedo se forem mulheres.

Foto
O impacto na vida dos jovens das medidas para conter a pandemia de covid-19 também pode estar representado nestes dados Sarah Mason/Getty Images

Ter 33,6 anos e ainda viver em casa dos pais, em Portugal, é um cenário comum. É o que mostram os dados mais recentes do Eurostat. Mais de 14 anos separam Portugal do país em que os jovens saem mais cedo de casa dos pais: a Suécia, aos 19 anos.

Sugerir correcção
Ler 38 comentários