Passos Coelho ensombra Montenegro na festa do Pontal

Marcelo Rebelo de Sousa não foi à festa, mas fez uma rentrée à sua maneira. Em Quarteira, um dia antes da entrada em cena de Montenegro, foi à praia mostrar que “Marcelo é sempre Marcelo”.

Foto
Passos Coelho esteve na festa do Pontal LUSA/LUÍS FORRA

A presença de Pedro Passos Coelho não passou despercebida, na Festa do Pontal, realizada no calçadão de Quarteira. O antigo primeiro-ministro, questionado pelos jornalistas sobre se a sua presença, de alguma forma, não ofuscava a nova liderança, respondeu: “Espero que não.” A justificação que deu para interromper o seu longo silêncio foi a necessidade de manifestar, “neste novo ciclo, a enorme confiança na liderança do PSD”. Interrogado sobre uma eventual candidatura a Presidente da República, disse: “A minha vinda cá tem, de certa maneira, um carácter excepcional no sentido em que não é para repetir”, enfatizou, reafirmando: “Estou retirado da acção política e da actividade politica.”

Sugerir correcção
Ler 38 comentários