Chefe da polícia fez pedido de desculpas histórico à comunidade gay da Ilha de Man

Território dependente da Coroa britânica só descriminalizou a homossexualidade em 1992. Governo local começou a emitir indultos a todos condenados ao abrigo da legislação anterior. Este sábado teve lugar o segundo festival Pride da história da ilha.

Foto
Este sábado realizou-se o segundo festival Pride da ilha Frank Schuengel/Twitter

“Eram tempos tenebrosos. A polícia invadiu a minha casa. [Os agentes] andavam lá fora, a observar-me. As pessoas eram proibidas de entrar e de sair lá de casa. O meu telefone esteve sob escuta”, descreve ao The Guardian Alan Shea, histórico activista do movimento LGBTQ+ na Ilha de Man, recordando o seu dia-a-dia enquanto jovem homossexual naquele pequeno – mas muito conservador – território, durante a década de 1980.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários