Especialistas em crimes de guerra questionam Amnistia Internacional por afirmação sobre exército ucraniano

A organização falou num “padrão” das forças armadas ucranianas porem civis em risco ao posicionar-se perto de civis. Especialistas em lei humanitária internacional disputam esta conclusão. Dentro da AI, nem todos concordam: a secção canadiana distanciou-se do documento.

Foto
Soldados ucranianos em Bucha, nos arredores de Kiev ATEF SAFADI/EPA

Sugerir correcção
Ler 40 comentários