Sérgio Figueiredo: o “ayatollah de Barcarena” que gosta de Sócrates e vai assessorar Medina

Sérgio Figueiredo é o novo consultor do Ministério das Finanças, agora contratado por Fernando Medina depois de em 2015 ter contratado o ministro para comentar na TVI. Partidos criticam “troca de favores”.

Foto
Sérgio Figueiredo na comissão de inquérito ao Banif NFS - Nuno Ferreira Santos

É antiga e com altos e baixos a relação entre Sérgio Figueiredo e o PS. A contratação pelo Ministério das Finanças do ex-jornalista como consultor para as políticas públicas, avançada pelo PÚBLICO, está a suscitar críticas pela proximidade entre Sérgio Figueiredo e o ministro das Finanças, Fernando Medina. Contudo, há muito que os caminhos de Sérgio Figueiredo – que no ISEG encontrou o professor Ferro Rodrigues e que foi colega de curso de Mário Centeno – e do PS se cruzam.

Sugerir correcção
Ler 54 comentários