De que estamos à espera para taxar os lucros caídos do céu?

António Guterres foi particularmente duro, quando afirmou ser “imoral que as petrolíferas e as empresas de gás estejam a fazer lucros recordes a partir da crise energética e graças às pessoas e comunidades mais pobres”

Há quem esteja a lucrar milhões com a guerra e a pobreza dos outros e Portugal ainda hesita sobre o que fazer, com a excepção de mandar João Galamba validar facturas.

Sugerir correcção
Ler 23 comentários