A nova geração de lideranças indígenas é feita de mulheres como Jerá Guarani

A aldeia Kalipety, na zona sul de São Paulo, foi fundada há oito anos por uma jovem que desafiou os mais velhos porque questionava tudo e não acreditava que “uma pessoa pudesse ter o direito de decidir por todo o mundo”.

Foto
Jerá Guarani, uma das fundadoras da aldeia LEANDRO MARTINS/LMfotografia

Quando o segundo carro que chamamos recusa o serviço para a Terra Indígena Kalipety, percebemos que este está longe de ser um destino evidente. Por sorte, um terceiro motorista aceita e conduz-nos durante cerca de duas horas em direcção a Parelheiros, no Sul de São Paulo, até ao momento em que a rede dos telemóveis desaparece, o GPS morre e nos resta o velho método de perguntar direcções a quem encontramos pelo caminho. Depois de algumas correcções de rota, uma estrada de terra batida leva-nos finalmente ao Kalipety.

Sugerir correcção
Ler 17 comentários