Adormecer ao som de tiros. Bairro na capital do Haiti está há duas semanas em clima de guerra

A violência entre grupos criminosos na Cité Soleil, em Port-au-Prince, já causou mais de 300 mortos em duas semanas. Os moradores não conseguem sair de casa e estão a sofrer com a escassez de água e alimentos.

Foto
Centenas de crianças foram enviadas para uma escola para escapar aos confrontos entre gangues Johnson Sabin/EPA

Nos últimos tempos, Edwin aprendeu a usar o ritmo dos tiros que vai escutando durante a noite para o ajudar a adormecer. “É a única forma de sobreviver a este período difícil”, diz o jovem haitiano que mora num bairro da Cité Soleil, uma zona de Port-au-Prince que há mais de duas semanas é palco de combates extremamente violentos entre grupos criminosos rivais que já fizeram centenas de mortos.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários