Buscas do MP a Mário Ferreira apanham de surpresa Procuradoria Europeia

Empresário investigado pelas duas entidades. DCIAP faz buscas por suspeitas de fraude fiscal e branqueamento na venda do navio Atlântida, há sete anos. Mário Ferreira pede ao Ministério Público para ser constituído arguido neste processo, apesar de sublinhar a sua absoluta inocência.

Foto
O empresário Mário Ferreira é presidente da empresa Douro Azul Fernando Veludo/NFACTOS

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) lançou esta quarta-feira uma operação de buscas em Portugal e Malta que visou várias sociedades administradas por Mário Ferreira, dono da Douro Azul e accionista da TVI, que apanharam de surpresa a Procuradoria Europeia, que abriu já este ano um inquérito ao mesmo empresário.

Sugerir correcção
Ler 24 comentários