Novo Banco vendeu sucursal espanhola sem avaliar a operação

Sem “racional”, sem avaliação do negócio e sem analisar potenciais conflitos de interesse. Foi assim que o Novo Banco vendeu a sucursal em Espanha, uma das várias operações às quais a Deloitte aponta falhas, na mais recente auditoria especial ao banco.

Foto
LUSA/RODRIGO ANTUNES

O Novo Banco vendeu a sucursal de Espanha, uma operação que está na origem de um diferendo de milhões com o Fundo de Resolução (FdR), sem explicar qual o “racional” que suportou essa operação, sem fazer uma avaliação inicial do negócio que queria vender e sem efectuar todos os procedimentos de análise de conflitos de interesse.

Sugerir correcção
Ler 17 comentários