Rui Moreira pede a junta do centro histórico que devolva dinheiro do orçamento colaborativo

Reabilitação do mercado de São Sebastião, um dos projectos que junta se comprometeu em 2019 a realizar, nunca se concretizou. Autarquia vai avançar com proposta de resolução de contrato e pedir 75 mil euros de volta. E o mercado, pode ter futuro?

Foto
Mercado de São Sebastião, na Sé, está em avançado estado de degradação Nelson Garrido

Passaram-se quase três anos desde que a Câmara do Porto entregou à junta de freguesia do centro histórico, então dirigida por António Fonseca, 75 mil euros para que esta reabilitasse o mercado de São Sebastião, na Sé. A obra – que nunca avançou – foi um dos dois projectos eleitos pela junta para serem apoiados pelo Orçamento Colaborativo, que entregou a cada freguesia 100 mil euros. Agora, Rui Moreira vai alegar “incumprimento” do contrato e pedir o dinheiro de volta.

Sugerir correcção
Comentar