Moedas deixa cair Feira Popular de Lisboa e oposição protesta

Presidente da Câmara de Lisboa diz que a existência de parques de diversão no centro de cidade “não fazem o mesmo sentido que faziam no passado”.

Foto
Terreno que estava destinado para a Feira popular, em Carnide Rui Gaudencio

O BE insurgiu-se nesta segunda-feira contra o facto do presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML) ter anunciado o abandono do projecto da Feira Popular que estava previsto para a freguesia de Carnide. Também os socialistas criticam o autarca pela decisão. Ambos os partidos dizem que a decisão defrauda os lisboetas, continuando-se a dar prioridade aos turistas e não aos moradores da cidade.

Sugerir correcção
Ler 22 comentários