“Mês do orgulho gay? Então e o orgulho hetero?!”

Termos na nossa vida pessoas LGBTQIA+ não significa que não reproduzamos a homofobia ou transfobia. As modalidades de violência são múltiplas e, muitas vezes, subtis.

Foto
Celebrar e marchar pelo orgulho LGBTQIA+ é um acto de resistência, é lutar por direitos ao nível mais básico Mário Cruz/Agência Lusa

Juro que de todas as vezes que oiço esta e outras frases do mesmo tipo apodera-se de mim uma urticária severa, pela falta de empatia e informação que esta pergunta revela!

Sugerir correcção
Ler 37 comentários