Rússia acusada de usar alimentação mundial como arma de guerra na Ucrânia

Bloqueio dos portos de Mariupol e de Odessa, no sul da Ucrânia, impede a exportação de dezenas de toneladas de cereais para alguns dos países mais pobres do mundo. Rússia indica que a solução terá de passar pelo fim das sanções impostas pelos EUA e pela União Europeia.

Foto
O Programa Alimentar Mundial compra à Ucrânia 50% dos cereais com que ajuda a alimentar 125 milhões de pessoas em todo o mundo Reuters/DADO RUVIC

Sugerir correcção
Ler 50 comentários