Siza Vieira sobre caso Abramovich: “Acho extraordinário que tenham invocado o meu nome”

O ex-ministro Pedro Siza Vieira admite que esteve reunido com uma associação judaica, embora não tenha a certeza que se tenha tratado da Comunidade Israelita do Porto. E diz que nesse encontro não se falou do oligarca Roman Abramovich. Acta consultada pelo PÚBLICO revela outra versão.

Foto
Siza Vieira garante que não foi discutido qualquer processo de naturalização Nuno Ferreira Santos

A Comunidade Israelita do Porto (CIP) invocou “interesse nacional” para apressar a naturalização do oligarca russo Roman Abramovich pela Conservatória dos Registos Centrais e recorreu ao nome do antigo ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, para acelerar o processo.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários