Irão prende dois “europeus” acusados de “gerar caos” e “desestabilização”

A braços com protestos de estudantes e professores, com tensão social por causa do aumento do preço do pão e do custo de vida em geral, o Governo cortou a Internet e arranjou uns estrangeiros para culpar.

Foto
Os estudantes universitários viram aumentar o controlo dentro da universidade desde o regresso às aulas Morteza Nikoubazl/NurPhoto via Getty Images

O Ministério dos Serviços Secretos iraniano anunciou esta quarta-feira ter detido dois “europeus” por organizarem acções destinadas a “gerar caos, desordens sociais e desestabilização” numa altura em que o coordenador da União Europeia para as conversações sobre o nuclear com o Irão, Enrique Mora, estava em Teerão para um encontro com o chefe dos negociadores iraniano.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários