Páscoa de Cristo, nossa Páscoa

Quando S. Pedro pede aos cristãos para estarem sempre prontos a dar razão da sua esperança, esta não se refere, apenas, ao mundo depois da morte, mas à tarefa de começar, já, os trabalhos para um novo céu e uma nova terra

1. Porque será que os católicos e, de forma muito mais ampla, os cristãos celebram a Páscoa todos os anos da mesma maneira, com a repetição dos mesmos textos e dos mesmos gestos? No geral, os liturgistas não se revelam muito criativos. Tenho saudades das celebrações do Frei José Augusto Mourão (1947-2011), que sabia combinar as tradições litúrgicas com ousadas inovações.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários