Ricardo Ramalho: “O risco de erupção é real”

Especialista em vulcões de ilhas oceânicas, Ricardo Ramalho deixa bem claro que, para já, com os dados disponíveis, ainda não é possível saber se a crise sismo-vulcânica na ilha de São Jorge irá resultar, ou não, numa erupção ou num sismo forte. Mas diz também que o risco de erupção é para levar a sério.

Foto
O geólogo Ricardo Ramalho no vulcão do Fogo (Cabo Verde) em 2014 José Madeira

O geólogo Ricardo Ramalho, docente da Universidade de Cardiff (Reino Unido), bem como docente convidado da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e do Instituto Dom Luiz, estuda vulcões de ilhas oceânicas, investigando a sua geodinâmica e os riscos que colocam. Fomos ouvi-lo a propósito da crise sismo-vulcânica em curso nos Açores desde sábado, 19 de Março, quando começou a registar-se um grande aumento da actividade sísmica. Caso a crise evolua para uma erupção vulcânica, traça três cenários possíveis. “Deveremos sempre preparar-nos para esta eventualidade, mesmo que não venha a materializar-se.”

Sugerir correcção
Ler 1 comentários