Estudo revela “limitações” do PISA e diz que é um risco basear políticas educativas no programa

Problema com a amostra portuguesa do teste de 2018 é paradigmático das limitações na metodologia da OCDE, aponta estudo coordenado por António Teodoro, da Universidade Lusófona. “Se um Governo afunilar a sua afinação de políticas pelo PISA está a cometer um erro crasso”, adverte.

Foto
Estudantes de 15 anos respondem, a cada três anos, a este programa Nelson Garrido

Leia também: “Caso de sucesso” é fruto de “mudanças na sociedade portuguesa”

Sugerir correcção
Ler 1 comentários