Desta vez, Olena não quis esperar que a guerra a apanhasse

Com a Ucrânia sob ameaça, a comunidade ucraniana residente em Portugal põe-se em guarda. Há quem discuta o que fazer, caso a família tenha de sair. Há quem já tenha abalado, como Olena, que chegou há pouco a Portugal.

Foto
Olena Derkacz Rui Gaudêncio

Olena Derkacz está a instalar-se em Portugal. Chegou há pouco com o marido e as filhas pequenas. Não quis esperar para ver quais as intenções do Presidente da Rússia, Vladimir Putin. Não quer voltar a fugir à pressa, como quando deixou a sua casa em Donetsk, no sudeste da Ucrânia.

Sugerir correcção
Ler 7 comentários