“Somos todas mães com pé na rua. Não fechem a porta a esta geração”

Mulheres com filhos que ocuparam casas foram à Câmara de Lisboa pedir soluções. “Não estamos a dizer que não pagamos, estamos a dizer que precisamos de uma casa que possamos pagar”, diz uma moradora. Vereadora da habitação promete reunião para procurar soluções. Sobrinha de Bruno Candé que está com tutela de filha do actor assassinado em risco de ser despejada, mas autarquia diz que vai avaliar.

Foto
Natália Sousa em sua casa no bairro Padre Cruz Daniel Rocha

Natália de Sousa não tem um microfone na mão, mas a sua voz ouve-se ao longe. Fala para uma dezena de mulheres que estão numa situação parecida com a sua. Só que entoa alto as palavras, porque quer ser ouvida por quem, dentro do edifício da Câmara Municipal de Lisboa, possa oferecer uma solução para os problemas que as levam ali.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários