Supremo manda repetir julgamento que condenou dois jovens por homicídio

Um homicídio em Albufeira levou o Tribunal de Portimão a condenar dois jovens numa sentença que, segundo um acórdão do Supremo, “fere o elementar sentido de justiça”. O tribunal condenou, acrescenta o Supremo, “sem prova da autoria dos factos”. Esta é uma história revelada por uma investigação do Projecto Inocência.

Foto
Novo Coroné

O Supremo Tribunal de Justiça ordenou a repetição do julgamento no caso em que dois jovens foram condenados por homicídio, na sequência das agressões que causaram a morte a Paulo Santos, na madrugada de 3 de Setembro de 2017, em Albufeira.

Sugerir correcção
Ler 13 comentários