Encruzilhadas brasileiras 3: economia sob gargalos internos e incerteza externas

A taxa de desemprego no Brasil desceu para 12,1% no trimestre julho-outubro, diminuição anualizada de 2,5%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Apesar disso, permaneceram no desemprego mais de 12 milhões de pessoas e, ao mesmo tempo, o rendimento médio do trabalho no mesmo trimestre correspondia a 2.459 reais – equivalentes ao câmbio atual a cerca de 390 Euros –, baixa de 11% em doze meses.

Sugerir correcção
Comentar