Cientistas portugueses vão criar filetes de robalo in vitro

Daqui a dois anos, equipa espera produzir em laboratório um filete típico de robalo a nível de sabor e textura. Para tal, vai usar extractos de algas, células estaminais de robalo e impressão 3D.

Foto
Impressora 3D com duas agulhas para as biotintas inovadoras compostas por extractos de algas e células de robalo DR

Uma impressora 3D é uma tecnologia espectacularmente versátil, uma vez que consegue fazer quase tudo. É esta tecnologia que quatro investigadores do Instituto Superior Técnico (IST) vão utilizar para embarcar numa “experiência gastronómica” em que vão imprimir um filete de robalo.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários