As Festas do Povo de Campo Maior já são Património da Humanidade

Preparam-se ao longo de muitos serões em segredo pelas mãos da vizinhança que se junta — às vezes até a muitos quilómetros de distância. Quando o povo quer, Campo Maior acorda um dia como um jardim em flor. Esta tradição secular foi esta quarta-feira classifcada como património da Humanidade.

Foto
As festas não têm uma periodicidade definida. Realizam-se quando o povo quer LUSA/NUNO VEIGA

Na vila, acreditava-se que a distinção aconteceria, mas acabou por chegar um dia antes do esperado: esta quarta-feira, as Festas do Povo de Campo Maior, no distrito de Portalegre, foram classificadas como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), na 16.ª reunião do Comité do Património Mundial, que decorre em Paris até sábado.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários