A geração Z é a mais afectada pela pandemia: carreira, educação e relações sofrem

Estudo norte-americano concluiu que os jovens pertencentes à geração Z “estão a experienciar isolamento, solidão e stress devido à pandemia”, além de também estarem mais expostos “ao impacto adverso na economia”.

Foto
Adriano Miranda

A geração Z está a sofrer mais com o impacto da pandemia do que qualquer outro grupo etário, revela um novo estudo norte-americano divulgado na segunda-feira.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários