Irregularidade na votação elege vogais a mais em juntas do movimento de Rui Moreira

O caso mais visível aconteceu no centro histórico, para o qual existe um parecer da CCDR-N que diz que a lei foi violada. Novas eleições internas serão realizadas.

Foto
Vai ser necessário voltar a realizar-se nova eleição para escolher os vogais do centro histórico, sob pena de todas as decisões tomadas nas juntas serem consideradas nulas Paulo Pimenta

Um parecer emitido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) relativamente à forma como foi eleito o executivo da União de Freguesias Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé Miragaia, São Nicolau e Vitória é peremptório: a forma como os vogais foram escolhidos na junta ganha nas últimas autárquicas pelo movimento independente de Rui Moreira viola a lei. Não é caso único no Porto. Noutras duas freguesias – Bonfim e Campanhã – aconteceu o mesmo. 

Sugerir correcção
Comentar