Lítio e hidrogénio lideram investimentos candidatos a agendas mobilizadoras

São apresentados hoje a amanhã, publicamente, os 64 projectos pré-qualificados para as chamadas Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial. São mais de nove mil milhões de euros de investimento previstos nos próximos quatro anos, dos quais “apenas” mil milhões suportados pelo PRR a fundo perdido. Galp lidera consórcios que se propõem investir 1,7 mil milhões de euros, entre lítio e hidrogénio.

Foto
Pedro Siza Vieira assiste hoje e amanhã às apresentações em Matosinhos rui gaudencio

Um projecto de um consórcio liderado pelo grupo Galp, no valor de 980,53 milhões de euros, para o desenvolvimento da cadeia de valor do lítio em Portugal, é o maior investimento previsto nos 64 projectos já pré-qualificados no âmbito das agendas mobilizadoras de inovação empresarial financiadas pelo Programa de Recuperação e Resiliência (PRR). Das 144 manifestações de interesse recolhidas até Outubro – que se se realizassem todas implicariam investir 14 mil milhões de euros – passaram à etapa de pré-qualificação 64 projectos, segundo a informação divulgada pelo Ministério da Economia.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários