Entregas de carros novos podem demorar um ano e preço de usados sobe até 20%

Escassez de chips já morde os calcanhares ao mercado de viaturas em segunda mão. Sector automóvel só acredita numa retoma em 2023.

Foto
A falta de chips afecta a entrega de carros novos e isso reduz a oferta de carros usados que, por sua vez, ficam mais caros Nelson Garrido (arquivo)

Quem quer comprar carro em Portugal tem de estar preparado para tempos de entrega que podem chegar a 12 meses, no caso de viaturas novas, ou para abrir os cordões à bolsa e pagar mais 15% ou 20%, se pensa num automóvel usado.

Sugerir correcção
Ler 26 comentários