Covid-19 em Portugal: cinco mortes e 888 casos

Há mais 671 pessoas recuperadas da infecção. Internamentos sobem, mas número de doentes em cuidados intensivos diminuiu.

Foto
Manuel Roberto/Arquivo

Portugal registou, na quarta-feira, cinco mortes e 888 novos casos de infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2, de acordo com os dados mais recentes da Direcção-Geral da Saúde, divulgados esta quinta-feira.

No total, o país contabiliza 18.149 óbitos por covid-19 e 1.088.133 casos confirmados desde Março de 2020, mês em que se registaram os primeiros casos de infecção em território nacional.

Há mais duas pessoas internadas nos hospitais portugueses, contabilizando-se agora um total de 318 pacientes hospitalizados com covid-19. Há menos um doente em unidades de cuidados intensivos do que na terça-feira, num total de 60.

As autoridades de saúde deram como recuperadas mais 671 pessoas, num total de 1.038.529 desde o início da pandemia.

Esta quarta-feira, o saldo entre recuperações e novas infecções foi positivo, algo que significa uma redução do número de casos activos de covid-19 em Portugal. São agora 31.455, com 21.930 contactos sob vigilância (mais 350 do que na terça-feira).

Dos cinco óbitos registados na quarta-feira, três ocorreram na faixa etária mais avançada – pessoas com 80 ou mais anos de idade. Uma morte ocorreu na faixa etária dos 70 aos 79 anos e a quinta entre os 60 e os 69 anos.

A matriz de risco, que monitoriza a evolução da situação epidemiológica, não é actualizada à quinta-feira. Por esse mesmo motivo, Portugal permanece na “zona amarela” de risco. Esta quarta-feira, na mais recente actualização deste quadro, o país registou subidas tanto no R(t) – ou índice de transmissibilidade —​ como na incidência.

O índice de transmissibilidade fixa-se nos 1,08, quer a nível nacional, quer apenas no continente. Já a incidência subiu para os 94,8 casos de infecção por 100 mil habitantes a 14 dias no país — 94,9 no continente. Esta sexta-feira, estes dados serão revistos e novamente actualizados.