Cinco séries com gangsters e mafiosos

Todas classificadas para maiores de 16 ou 18 anos, estas séries clarificam logo o espectador: estão repletas de acção e violência e são pouco apropriadas a corações sensíveis.

,Peaky Blinders
Fotogaleria
Peaky Blinders
ficar-casa,streaming,series-,tv,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
Os Sopranos
ficar-casa,streaming,series-,tv,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
Gangs of London
ficar-casa,streaming,series-,tv,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
Gomorra
ficar-casa,streaming,series-,tv,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
Godfather of Harlem

Peaky Blinders

Netflix
Inspirada na história real dos Peaky Blinders, uma associação criminosa que actuava em Inglaterra no princípio do século XX, esta série de época foi criada por Steven Knight e produzida pela Caryn Mandabach Productions e Tiger Aspect Productions. Tudo começa quando Thomas Shelby (Cillian Murphy) e os irmãos, regressam à cidade de Birmingham depois de lutarem contra os franceses na Primeira Guerra Mundial. Thomas lidera os Peaky Blinders, um perigoso grupo de criminosos que controla a cidade por todos os meios, e enriquece através da manipulação de apostas em corridas de cavalos. Com o tempo, e à medida que vão aumentando o seu poder, os Peaky Blinders tentam estender os tentáculos não apenas por Birmingham, mas por todo o Reino Unido. A dificultar-lhes a vida na primeira temporada terão Tony Pitts, um capitão de polícia recém-chegado de Belfast que tem como objectivo fazer cumprir a lei e acabar com a onda de degradação e crimes na cidade. Aclamada pelo público e pela crítica especializada, em 2018, Peaky Blinders recebeu um BAFTA na categoria de Melhor Série Dramática.

Os Sopranos

HBO
Considerada por muitos a melhor série de televisão de todos os tempos, a sua estreia, a 10 de Janeiro de 1999 na HBO, foi o princípio de uma nova era televisiva. Criada por David Chase, conta a vida de Tony Soprano, um amoroso pai de dois filhos e implacável chefe de uma família de mafiosos que actua no submundo de New Jersey (EUA). Após um inesperado ataque de pânico, Tony inicia, em segredo, sessões de terapia com a Dr.ª Jennifer Melfi. É nessas consultas que vai revelando os seus medos, a conturbada relação com a mãe, o relacionamento com a mulher e as enormes dificuldades em gerir o seu “negócio de gestão de resíduos”. O sucesso d’ Os Sopranos foi tão retumbante que a cena final de Made in America – o 21.º episódio da última temporada, exibido a 10 de Junho de 2007 –  é, ainda hoje, amplamente discutida e dissecada. Com um total de 86 episódios (todos disponíveis na plataforma HBO), a série é protagonizada por James Gandolfini (falecido em 2013), que contracena com Lorraine Bracco, Edie Falco, Michael Imperioli, Steven Van Zandt, Robert Iler, Tony Sirico, Dominic Chianese e John Ventimiglia, entre muitos outros. Ao longo das seis temporadas, a série recebeu cinco Globos de Ouro e 21 Emmys.
 

Gangs of London

HBO
Em 2020, Gareth Evan co-criou, com Matt Flannery – director de fotografia de todos os seus filmes e desempenhando também aqui esse papel – Gangs of London, uma série de televisão da Sky Atlantic em co-produção com a norte-americana Cinemax cuja acção (e violência) se desenrola no submundo do crime londrino. A história começa quando Finn Wallace, interpretado pelo actor irlandês Colm Meaney, é assassinado por dois miúdos que nem sabiam bem quem estavam a matar. Wallace  – um dos grandes nomes do crime da capital britânica e alguém cuja família controla as docas da cidade, por onde passa muito do contrabando do submundo –, deixa uma crise de sucessão e um mistério: quem é que o mandou matar e porquê? Em vida, o patriarca mantinha unidas várias facções multiculturais de famílias criminosas, paquistaneses e pavee, curdos e albaneses. Após o seu homicídio, estes clãs vão tentar descobrir o que se passou e digladiar-se por cada vez mais poder. O impetuoso filho de Finn, Sean (Joe Cole, de Peaky Blinders), quer a todo custo vingar a morte do pai, mesmo que isso custe a paz entre os aliados da família e paralise uma boa parte das operações criminosas da cidade, algo que não agrada a muitas pessoas. Lançada em Abril de 2020 no Reino Unido, onde rapidamente se tornou um sucesso, a primeira temporada da série chegou em Dezembro à HBO Portugal. E já há uma segunda temporada a caminho, desta feita em parceria com a AMC. Rodrigo Nogueira

Gomorra

HBO
Pietro Savastano é o impiedoso líder dos Savastano, um dos mais importantes e implacáveis clãs da camorra, nome dado à máfia napolitana. Na cidade de Secondigliano, nos subúrbios de Nápoles, é ele que gere a maior parte do tráfico de drogas. O seu grande inimigo, na vida e nos negócios, é Salvatore Conte, chefe de um outro clã que quer dominar o negócio. Salvastano conta com Ciro Di Marzio, o homem em quem ele confia os casos mais delicados. Mas quando os dois passam a divergir sobre certos assuntos, Ciro vai tentar assumir o poder, por mais que isso coloque a sua vida e a de quem lhe é mais próximo, em risco. Este é o mote de Gomorra, que mostra o submundo do crime numa Nápoles atolada em miséria, crime e desgoverno. Realizada por Stefano Sollima, Francesca Comencini e Claudio Cupellini, esta série tem por base o livro escrito por Roberto Saviano, que também deu origem ao filme homónimo realizado por Matteo Garrone – um dos acontecimentos na edição de 2008 do Festival de Cannes, onde conquistou o Prémio Especial do Júri. Os actores Fortunato Cerlino, Marco D'Amore, Cristiana Dell'Anna, Salvatore Esposito e Marco Palvetti dão vida aos protagonistas. 

Godfather of Harlem

Disney+
Década de 1960. Depois de 11 anos a cumprir pena na prisão de Alcatraz, situada na Baía de São Francisco, Bumpy Johnson regressa ao Harlem (Manhattan, Nova Iorque), que outrora controlava através do crime organizado e tráfico de heroína. Ao saber que o bairro está agora sob o domínio da máfia italiana, Bumpy vem decidido a reconquistar o poder e o respeito de todos. Mas o mundo é agora um lugar diferente e ele depara-se com uma América social e politicamente transformada, principalmente no que diz respeito à luta pelos direitos dos afro-americanos, protagonizada pelo activista Malcom X (1925- 1965). Godfather of Harlem faz um retrato da maneira como Bumpy lidava com os seus inimigos mas também da forma de se relacionar com a família e amigos próximos. Se, por um lado, está o homem inflexível que se empodera à custa do crime organizado, por outro está o marido, pai de família e amigo dedicado. Assinada por Chris Brancato e Paul Eckstein (co-criadores de Narcos) e com Forest Whitaker no papel principal (e também produtor executivo), esta série tem por base a história real do gangster Bumpy Johnson (1905-1968), personagem já transposta ao grande ecrã em interpretações de Laurence Fishburne, no filme The Cotton Club (Francis Ford Coppola, 1984) e Os Reis do Submundo (Bill Duke, 1997), e por Clarence Williams III, em Gangster Americano (Ridley Scott, 2007).

Sugerir correcção
Comentar