A direita regressou à Câmara do Funchal. O que vai mudar?

Pedro Calado toma posse esta quarta-feira como presidente da Câmara do Funchal. O homem a quem apontam como possível sucessor de Albuquerque, rejeita qualquer ambição para lá dos Paços do Concelho e garante uma nova dinâmica para a cidade. Já esta semana.

Foto
HOMEM DE GOUVEIA

Oito anos depois, o PSD, agora acompanhado pelo CDS, regressa à liderança do executivo da Câmara Municipal do Funchal. Pedro Calado, que deixou a vice-presidência do governo madeirense para encabeçar a candidatura PSD/CDS à principal autarquia do arquipélago, é o principal rosto desta mudança. Mas o que vai mudar na cidade, a partir desta quarta-feira, dia em que o novo executivo toma posse?

Sugerir correcção
Comentar