Ricardo Trigo: “A maior parte dos políticos não se apercebe das escalas temporais do sistema climático”

Ainda que o Nobel da Física de 2021 possa ajudar a dar visibilidade à crise climática, o geofísico português Ricardo Trigo considera que a grande inércia do sistema climático dificulta essa compreensão por quem decide.

Foto
Ricardo Trigo, geofísico e professor de climatologia DR

Para o geofísico Ricardo Trigo, professor de climatologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o japonês Syukuro Manabe e o alemão Klaus Hasselmann, vencedores de metade do Prémio Nobel da Física de 2021, foram cruciais no desenvolvimento dos modelos climáticos desde os anos 60 (sobre o trabalho do restante galardoado, o italiano Giorgio Parisi, não está familiarizado). “A física do clima é bastante robusta”, salienta Ricardo Trigo, “porque as leis físicas e químicas que regem a maior parte dos fenómenos e processos essenciais no sistema climático são conhecidas há muitas décadas”.